seculo xv com a arte de gil vicente

(Português) DANÇAS COM HISTÓRIA – SÉCULO XVI

(Português) Com Pedro Nunes falando do nónio e do anel náutico, perante um herbário de plantas e ervas medicinais que Garcia da Orta irá comentar, entre as palavras do Arauto, na presença de D. João III e de D. Catarina de Áustria, as danças da segunda metade do século XVI recordam um tempo em que “A dança é considerada uma atividade moral e educativa, aconselhada como exercício para o corpo e para o espírito, ensinada desde a infância e um dos requisitos necessários à formação da dama e do cortesão”.

DANÇAS COM HISTÓRIA – CIÊNCIA E INOVAÇÃO OU… UM SABER DE EXPERIÊNCIA FEITO…
Técnicas, saberes e ciências dos Portugueses do SÉCULO XVI
18 FEV | 19 AGO | 18 NOV
11H | M/5 | bilhete Castelo S. Jorge
ASSOCIAÇÃO DANÇAS COM HISTÓRIA

visitas em familia

VISITAS EM FAMÍLIA – O CASTELO, A ALCÁÇOVA E A CONQUISTA DA CIDADE

Descobrir o castelo e a alcáçova medieval e a sua relação com a cidade propriamente dita, numa abordagem das estruturas defensivas da cidade medieva do século XI-XII, assim como dos aspetos sociais, religiosos e económicos da época, tendo por base o cenário encontrado pelo contingente militar cristão liderado por Afonso Henriques que, após um longo cerco de aproximadamente quatro meses, entra na cidade em 25 de Outubro de 1147, hasteando o estandarte da cristandade.

VISITAS EM FAMÍLIA – O CASTELO, A ALCÁÇOVA E A CONQUISTA DA CIDADE
25 FEV | 27 MAI | 26 AGO | 25 NOV
11H | M/6 | 3,5 €
INSCRIÇÃO PRÉVIA | info@castelodesaojorge.pt | +351 218 800 620
SERVIÇO EDUCATIVO CASTELO DE S. JORGE

DSCF9066

JOGOS EM FAMÍLIA

Os Arautos da Brincadeira, D. Berengário e D. Segismundo, só descansam quando todos participarem nas brincadeiras e jogos de outros tempos que prepararam: o quebra-bilhas, a vara-cega, a torre do tesouro, entre outras brincadeiras e surpresas.

ajax.php

ARTES BÉLICAS – A NOBRE ARTE DA ESGRIMA

Este programa irá mostrar a evolução da esgrima enquanto defesa pessoal, como técnica distinta da esgrima de combate usada em campo de batalha.

Serão explorados os vários manuais de esgrima de diferentes séculos, que codificaram as diferentes armas e formas de combate. Alguns dos manuais explorados durante este programa serão:

> I33 / Codex Valpurgis – O mais antigo manual de esgrima que se conhece, datado de final de Sec- XIII. – Espada curta / Faca longa e broquel / Tampa de panela!

> Licktenhaur – Lange messer ( Faca longa) Sec. XIV

> Espada bastarda Sec XV

> Rapier / Rapier e Adaga – Thomaz Luis (?) Sec XVII Destreza Vulgar – Portugal

ARTES BÉLICAS – A NOBRE ARTE DA ESGRIMA
11 MAR | 10 JUN | 9 SET | 9 DEZ
11H | M/5 | bilhete Castelo S. Jorge
OFÍCIO BÉLICO

seculo_xv_com_a_arte_de_gil_vicente

DANÇAS COM HISTÓRIA – TÉCNICAS, SABERES E CIÊNCIAS DOS PORTUGUESES DO SÉCULO XVII

A aventura esmorece.
Outros povos e outros reinos irão agora prosseguir a epopeia que os portugueses iniciaram e mantiveram mais tempo e mais longe do que pressupunha a estreiteza da terra pátria. Mas o que está feito, feito está: o mundo está mais pequeno e mais perto, as gentes estão mais próximas e as lendas tenebrosas estão para sempre derrubadas.
Mas mesmo assim não sossega a mente lusitana. Mesmo durante os tempos duros, o saber, a inovação, a ciência prosseguem o seu caminho, que assim o exige a preservação da obra feita. Outros prosseguirão a tarefa que Zacuto e Pereira, que Orta e Nunes noutro tempo percorreram.
Como Luís Serrão Pimentel, bibliófilo e engenheiro que elevou a arte de erguer fortalezas a um patamar bem acima do que antes era.
Ou como o seu filho Manuel Pimentel, cosmógrafo, mestre de geografia e de náutica, para quem a natureza poucos segredos tinha.
Com estas armas a ciência e a inovação foi-se mantendo viva entre os portugueses. E que assim prossiga para sempre, que é sobre estes dois pilares que uma nação se desenvolve.
Neste terceiro espetáculo poderemos observar projetos de engenharia de fortalezas de Luís Serrão Pimentel – engenheiro mor e relembrar que as country dances começam a ser conhecidas em toda a Europa, a partir de França.

DANÇAS COM HISTÓRIA – TÉCNICAS, SABERES E CIÊNCIAS DOS PORTUGUESES DO SÉCULO XVII
18 MAR | 17 JUN | 16 SET | 16 DEZ
11H | M/5 | bilhete Castelo S. Jorge
ASSOCIAÇÃO DANÇAS COM HISTÓRIA

visitas em familia

VISITAS EM FAMÍLIA – O CASTELO ENTRE OS SÉCULOS XIII E XVI: RESIDÊNCIA REAL

Visível de vários pontos da cidade, o castelo de Lisboa ergue-se na colina destacando-se da malha urbana contemporânea. No seu interior, questionamo-nos onde vivia a Corte. Mas a realidade lisboeta é diferente de outras realidades europeias e o castelejo é uma fortaleza. Ao longo da visita, exploraremos os traços visíveis do Paço Real da Alcáçova, utilizado pelos Reis de Portugal na transição da Idade Média para a Idade Moderna. Alvo de sucessivas transformações entre os séculos XIII e XVI, por ele passaram figuras e factos de relevância para a História do país.

VISITAS EM FAMÍLIA – O CASTELO ENTRE OS SÉCULOS XIII E XVI: RESIDÊNCIA REAL
25 MAR | 24 JUN | 23 SET | 23 DEZ

..