37_natal_no castelo_2

(Português) O Castelo entre Muçulmanos e Cristãos

(Português) O Castelo que conhecemos em Lisboa tem uma fundação medieval, servindo de último reduto defensivo numa cidade já protegida pelo que chamamos “Cerca Velha”. Exploramos a fortaleza e a Alcáçova medieval, o que ainda é visível e o que se esconde em edifícios recentes. O abalo da estrutura política e social dá-se com D. Afonso Henriques que conquista a cidade após um cerco prolongado, em 1147. Mudam-se as gentes, muda-se a tolerância religiosa que caracterizava as cidades peninsulares. Mas descobrimos que a nova ordem política mantém o traçado urbano da nova Lisbona.
Com Tiago Ladeira (Serviço Educativo, Castelo de S. Jorge)

(RE) ENCONTRAR O CASTELO
O Castelo entre Muçulmanos e Cristãos
2 FEV | 11.00 | M/12 | duração 1h30 | 3,5 €
Espaço exterior
inscrição prévia | +351 218 800 620 | info@castelodesaojorge.pt
visita orientada

1_press_release_castelo_com_mais_visitantes

(Português) LEITURAS DE INVERNO – “HISTÓRIA DO CERCO DE LISBOA” DE JOSÉ SARAMAGO

(Português) “Enquanto não alcançares a verdade, não poderás corrigi-la. Porém, se não a corrigires, não a alcançarás. Entretanto não te resignes”. Esta é a epígrafe da “História do Cerco de Lisboa” de José Saramago que será apresentado no programa “Leituras de Inverno”. Uma leitura encenada deste romance que explora a “verdade histórica” em torno de um “não” que a coloca em causa. Dois tempos: os cruzados do século XII, o revisor Raimundo Silva e sua diretora editorial Maria Sara no século XX. Dois tempos num romance que questiona se, como dizia Eça de Queiroz, a história não é “provavelmente uma grande fantasia”*. Refere ainda José Saramago a propósito deste livro que “o que ambiciona, no fundo, é escrever o único livro impossível: A História do Passado, esse tempo que é todo o Tempo [...]“*.

*”A estátua e a pedra”, de José Saramago, Fundação José Saramago, 2013

Ficha Artística
obra HISTÓRIA DO CERCO DE LISBOA
autor JOSÉ SARAMAGO
direção TONAN QUITO
adaptação do texto ANA MATOS e TONAN QUITO
interpretação PAULO PINTO, SÍLVIA FILIPE e TONAN QUITO
produção HOMEMBALA

Uma parceria entre Castelo de S. Jorge / Egeac
e Fundação José Saramago

LEITURAS DE INVERNO | “HISTÓRIA DO CERCO DE LISBOA” DE JOSÉ SARAMAGO
3 NOV, 1 DEZ, 5 JAN (2020) e 2 FEV (2020) | 1º DOMINGO DO MÊS | 16.00
GRATUITO mediante inscrição | info@castelodesaojorge.pt | +351 218 800 620
Espaço interior | Sala Ogival

besteiros_do_conto_8_NET

(Português) Ser um Homem de Armas por um dia

(Português) Faça uma viagem no tempo, vivencie momentos de História viva e conheça o dia-a-dia de um Homem de Armas na Idade Média.

Ser um Homem de Armas por um dia
9 FEV | 14.00 | todas as idades | Bilhete Castelo de S. Jorge
Espaço exterior | Castelejo
recriação histórica

Castelo de S. Jorge

(Português) Os Tabuleiros de Jogo do Castelo

(Português) Os jogos são intemporais e fazer a história do jogo é, simultaneamente, fazer a história do Homem.

Esta tertúlia tem como mote os tabuleiros de jogo gravados em algumas pedras que se encontram no Jardim Romântico do Castelo. Os jogos do alquerque dos 16, o alquerque dos 12 ou o Subutteo são apenas alguns dos tabuleiros que a cidade antiga de Lisboa preserva nas suas pedras.

Com Lídia Fernandes (Arqueóloga – Coordenadora do Museu de Lisboa – Teatro Romano) 

TERTÚLIAS DE INVERNO
Os Tabuleiros de Jogo do Castelo 
9 FEV | 16.00 | M/6
Espaço exterior
Gratuito mediante inscrição | 
+351 218 800 620 | info@castelodesaojorge.pt
visita orientada

bau_da_descoberta

(Português) Recital de Canto e Piano

(Português) Uma viagem pela história da música francesa pelas mãos do pianista Alexey Shakitko acompanhado pela voz de Paula Morna Doria. A expressão de vários movimentos, escolas de composição musical, sensibilidades e visões do mundo unem-se neste ciclo de música pela apresentação de repertório onde épocas, gentes e geografias distintas se encontram. 

Com Alexey Shakitko (Piano) e Paula Morna Doria (Canto)

SONS NO CASTELO
Recital de Canto e Piano  
16 FEV | 16.00 | M/6 | Bilhete Castelo de S. Jorge
Espaço interior
Sala Ogival | entrada sujeita à lotação da sala
música

NM2

(Português) Blhéc, outra vez peixe!

(Português) “A Maria amuava sempre aos domingos, à mesma hora e no mesmo sítio. A causa da má disposição da Maria era o almoço, ou melhor, o peixe cozido.” In BOTELHO, Margarida, Os Lugares de Maria, Paulinas Editora – Prior Velho, abril, 2005

A Maria detesta peixe e não tem a vida fácil aos domingos. Mas, e se a Maria tivesse nascido na Fenícia onde o prato preferido era… o prato de peixe?! Ou entre os romanos, grandes apreciadores de uma pasta de peixe feita de atum, cavala ou sardinha, o garum? Vamos explorar a alimentação através dos achados arqueológicos e levar-te a construir o teu menu ideal.

Com Inês Noivo (Historiadora – Serviço Educativo, Castelo de S. Jorge)

HÁ VIDA NO CASTELO
Blhéc, outra vez peixe!
22 FEV | 15.00 | M/6 | 3,5 €
Espaço interior
Máximo de participantes – 15
Mínimo de participantes – 5 
Inscrição prévia | +351 218 800 620 | info@castelodesaojorge.pt
visita-jogo

..