As cercas urbanas de Lisboa vistas da Alcáçova

A paisagem urbana, enquanto paisagem cultural, pode proporcionar uma leitura privilegiada da cidade histórica. Nela, as cercas urbanas constituem uma marca inegável, reveladora da estrutura e organização espacial dessas cidades, bem como do seu impacto na formação e evolução dos tecidos urbanos. Do ponto mais alto da colina onde nasceu a cidade de Lisboa – a Alcáçova – continuam percetíveis na paisagem, alguns alinhamentos das suas antigas muralhas: a “Cerca Velha” e a Cerca Fernandina. Nesta tertúlia vamos experienciar outros “olhares” que permitam decifrar vestígios e sinais fossilizados na paisagem atual, exercício fundamental para a fruição plena dessas realidades.

Com Manuela Leitão, DMC / DPC / CML (arqueóloga)

TERTÚLIAS DE INVERNO | OLHARES INVULGARES SOBRE O CASTELO DE LISBOA
10 NOV, 8 DEZ, 12 JAN (2020) e 9 FEV (2020) | 2º DOMINGO DO MÊS | 16.00

Uma abordagem singular do património do Castelo de S. Jorge e da sua envolvente, de descoberta de outros patrimónios que raramente são abordados, quer por as suas evidências dificilmente serem descodificadas sem o contributo de especialistas, ou por simplesmente não lhes darmos importância como objetos culturais. Quatro visitas de exploração orientadas por especialistas que nos mostram outras perspetivas do Castelo de S. Jorge e da sua relação com a cidade.

GRATUITO mediante inscrição
info@castelodesaojorge.pt | +351 218 800 620
Encontro junto da estátua de D. Afonso Henriques

..